LisbonWeek – Alvalade

Durante 10 dias Alvalade será o bairro por excelência de Lisboa, recebendo o maior evento cultural e turístico de descoberta da cidade: O LisbonWeek! Apostas comigo como no final irás conhecer Alvalade como a palma da tua mão?

LisbonWeek 2015

Terás a oportunidade de palmilhar e desvendar segredos nas Visitas Guiadas à Biblioteca Nacional de Portugal, o Jardim do Campo Grande, a Reitoria da Universidade de Lisboa, a Torre do Tombo, o Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, o Museu Bordalo Pinheiro, o Hospital Júlio de Matos, o Laboratório Nacional de Engenharia Civil ou o Complexo dos Coruchéus por apenas 7€. Se tiveres com uma perna partida, poderás explorar o bairro sobre as rodas de um autocarro com dois percursos muito peculiares (10€/cada): “Lisboa Moderna” que conta a história do bairro, dos seus edifícios mais emblemáticos e da sua evolução; “Porfírio Pardal Monteiro” irá mostrar-nos a obra do arquitecto por toda a cidade. Vai com as expectativas elevadas: o LisbonWeek fez um levantamento histórico rigoroso sobre cada espaço e preparou visitas de elevada precisão cultural, que abrangem as perspectivas históricas, arquitectónicas e artísticas de cada local – sem nunca esquecer as pequenas estórias que só os entendidos conhecem. Ora espreita!

Decorrem paralelamente diversas Exposições de Entrada Livre!

“Porfírio Pardal Monteiro – Arquitecto de Lisboa”, com curadoria de Ana Tostões e João Pardal Monteiro, em exibição na Biblioteca Nacional de Portugal. Tendo como mecenas a Caixa Geral de Depósitos (CGD), esta é uma oportunidade única para saber mais sobre a vida e obra de um dos mais importantes arquitectos do nosso país, já que nenhuma retrospectiva do género se realiza desde 1938;

“Encontrar Maria Keil”, uma produção da ACTU que expõe, na Estação de Metro de Alvalade, alguns dos mais notáveis trabalhos de azulejaria da pintora Maria Keil. A sua obra, construída ao longo de oito décadas, revela um percurso multifacetado que mistura ilustração, tapeçaria, cenografia, design gráfico, mobiliário, o que torna Maria Keil numa das artistas portuguesas mais notáveis do século XX;

“Urban Sketchers”, um olhar diferente sobre o quotidiano de Alvalade, pelas mãos do Grupo Urban Sketchers, que durante Janeiro e Fevereiro irão captar o ambiente, as cores e a vida daquele bairro. Os desenhos estarão expostos na Reitoria da Universidade de Lisboa;

“Vanguarda”, uma exposição de fotografia que recua até à década de 50 para mostrar o dia-a-dia de Alvalade. As imagens para este regresso ao passado foram disponibilizadas pelo Arquivo Municipal de Lisboa, e podem ser vistas no Centro Comercial Alvalade.

Já a peça de teatro “E Morreram Felizes Para Sempre” decorre num edifício de dois andares no Hospital Júlio de Matos. Este espectáculo, da autoria de Nuno Moreira e direcção de actores de Ana Padrão, permitirá ao visitante interagir com o espaço e descobrir as estórias dentro da história – um cross over entre a tragédia amorosa de Pedro e Inês de Castro e a invenção da lobotomia, por Egas Moniz, proposto para Prémio Nobel (acabaria por ganhar) no primeiro Congresso Internacional de Psicocirurgia, que decorreu neste hospital, em 1948. Bilhetes a 35€.

E muitos mais eventos, como a engraçada Grande Regata de Barquinhos a Remos!

Grande Regata de Barquinhos a Remos

Do que esperas para partir à descoberta dos segredos do bairo?

[Texto inicial originalmente publicado na Le Cool Lisboa]

LisbonWeek – Alvalade
10 a 19 de Abril
Visitas Guiadas de 7€ e 10€

Beijinhos :* Ana Paula

Facebook Comments