Chamadas de Embalar

Chamadas de Embalar

Acreditamos que nos compete a nós, enquanto cidadãos, pais, filhos, irmãos, amigos, primos e netos, fazer o possível para ajudar aqueles que se encontram na frente de batalha de uma luta conjunta.

Nós estamos bem por agora, tal como tu. E esperamos que o coração tenha ficado menos apertado com uma chamada destas de embalar. Uma ideia que surgiu para chegarmos onde o digital não chega, a quem está isolado e a quem está impossibilitado de dar um abraço.

Vivemos um momento em que a distância é uma constante (e imperativa). Não sabemos como e quando vai acabar, mas sabemos que está a mexer com a forma como vemos o mundo e o ser humano. A arte – e a música, em particular – tem o poder de nos aproximar. E está provada a forma da cultura e da arte através das inúmeras iniciativas digitais que têm corrido a internet: performances live, disponíveis para quem tem conta no Instagram, festivais em live stream que tem juntado artistas, visitas a museus, galerias e teatros. É o poder do Live Streaming nos dias de hoje.

E quem é capaz de manter esta proximidade pela Internet? Porque está isolado. Porque tem uma caravana à frente de casa, sem poder abraçar a família. Porque está a trabalhar – a cuidar de todos nós.

Detalhas do projecto Chamadas de Embalar

Porque a vida acontece fora do digital e a música tem mais força quanto mais próxima for tocada, está na hora de a fazer chegar a quem está na frente de batalha. Ou a alguém de quem temos muitas saudades.

Qual a finalidade da ANGARIAÇÃO DE FUNDOS das Chamadas de Embalar?

Esta acção tem como objectivo, para além de passar uma mensagem positiva em contexto de crise, promover a recolha de fundos para o Centro Hospitalar  Universitário de Lisboa Central e do Centro Hospitalar  Universitário de São João – os dois hospitais de referência no tratamento do COVID-19 em Portugal continental. Os fundos angariados serão repartidos em partes iguais entre os dois hospitais e os donativos serão alocados pelos conselhos de administração consoante as necessidades de cada instituição.

Que artistas fazem parte das CHAMADAS DE EMBALAR?

Beatriz Pessoa, Vasco Completo, Marinho, Carolina Caldeira, Ana Mariano, Rita Dinis, Gabriel Petra, Ditch Days e Teresa Alves.

Qualquer artista que queira participar na acção é bem vindo! Basta entrar em contacto através do Instagram @chamadasdeembalar.

Agora que já fizeste sorrir alguém com uma chamada cheia de boa energia, contribui para o objectivo comum – fazer com que tudo realmente fique bem.

///////////////////////////

Parece-me uma excelente ideia e a vocês?

///////////////////////////

Recebe todas as novidades de Lisboa, subscreve a nossa Newsletter!

Segue-nos também no FacebookTwitter ou o Instagram.

Facebook Comments